Como a alimentação Ayurveda pode nos trazer mais clareza, leveza e foco

Os Sábios da Índia antiga descreveram três qualidades universais, os Gunas, que atravessam toda a Natureza, são elas Satva, Rajas e Tamas. Satva é o princípio da Harmonia, Rajas é o princípio do Movimento e Tamas, o princípio da Inércia. Na alimentação ayurvédica todos os alimentos são classificados dentro destas três categorias e seus efeitos em nossa mente e corpo são facilmente perceptíveis se estivermos mais atentos a nossa alimentação e sobre como nos sentimos após as refeições.

Aqueles considerados Tamásicos são os alimentos que causam a decadência de nossa força vital, manifestando-se como sensações de peso e inchaço, preguiça, embrutecimento e embotamento. Eles diminuem nossa vitalidade física e, além de impedir nossa clareza mental e emocional, tendem a gerar mais acúmulo de Ama, as biotoxinas, por todo o organismo. Exemplo: Feijoada.

Entre os alimentos Tamásicos, podemos destacar ou ultra processados, congelados, não mais frescos ou de difícil digestão. Também os fermentados como as bebidas alcoólicas, e os alimentos com muitos aditivos químicos como agrotóxicos, corantes e conservantes. Comidas muito gordurosas e pesados ou com açúcar refinado. De modo geral, todos os alimentos que causam em nós decadência vital e embrutecimento mental e emocional.

Desta forma, tudo o que comemos influencia não só a saúde de nosso corpo, mas também de nossa mente. Os alimentos Rajásicos, por exemplo, em um extremo oposto, se consumidos em excesso causarão estresse e agitação, perturbando a harmonia de nosso corpo-mente. Apesar de tais alimentos nos oferecerem energia extra e instantânea por um curto período de tempo, eles logo nos fazem experienciar uma sensação de esgotamento, uma desvitalização que nos faz desejar estimular novamente o nosso organismo, gerando um ciclo vicioso e também emoções como ansiedade, impaciência e raiva.

Dentro desta categoria, destacamos alimentos estimulantes como as bebidas cafeinadas, energéticos, e refrigerantes, alimentos excessivamente salgados ou ácidos, muito picantes e os condimentos artificiais. O alto consumo de carnes também está associado ao desenvolvimento de uma mente de características mais rajásicas.

Na visão do Yoga e do Ayurveda, nós precisamos dos três Gunas (Sátva, Rajas e Tamas) para equilibrar nossa vida. Em uma alimentação harmônica, em que Rajas está presente nas proporções adequadas, ele pode ser um bom estimulante de um organismo que está muito Tamásico. Por exemplo: através do uso de temperos picantes podemos equilibrar o nosso Agni, o fogo digestivo, mas para compreendermos como usá-los é necessário também levar em conta o metabolismo individual de cada pessoa, através da compreensão do Dosha e suas desarmonias.

Assim, enquanto os alimentos Tamásicos fazem nossa mente ficar pesada e embotada e os Rajásicos tendem a deixá-la agressiva e agitada, os alimentos Sátvicos podem facilitar a claridade mental, o cultivo de sentimentos harmônicos como amor e compaixão, além claro de promover uma boa digestão e assimilação de nutrientes.

Os sábios indianos, tanto na tradição do Ayurveda como do Yoga, indicavam uma Dieta Sátvica para todos aqueles que buscavam o despertar da consciência. Pois, alimentos com essas características seriam abundantes de Prana, ou seja, alimentos frescos e cheios de vida, como os chás de ervas medicinais harmônicas, frutas frescas, brotos de grãos integrais, azeite, leites vegetais de castanhas, água de coco e vegetais orgânicos e da estação, entre outros.

Aplicando-se aos dias atuais, uma Dieta Sátvica significa evitar comidas processadas, enlatadas e com aditivos e ingredientes artificiais. Sattva na alimentação também significa usar as técnicas da culinária ayurvédica para cozinhar apropriadamente sua comida, preferindo os alimentos e ervas ideais para o seu dosha, como também fazer uso de estratégias do Ayurveda, como o conhecimento dos alimentos incompatíveis entre si e dos antídotos alimentares.

Alimentos Sátvicos não só nutrem o corpo, eles nos ajudam a manter a mente em um estado de paz. Podemos perceber isto claramente após um período de desintoxicação ayurvédica, a Dieta Anti-Ama, onde focamos apenas em alimentos desta categoria.

Quanto mais Satva estiver presente em nossa alimentação, mais facilmente poderemos alcançar estados meditativos profundos e poderemos ter mais discernimento em nossas escolhas e caminhos futuros.

Já consegue perceber os efeitos dos alimentos em sua mente e distinguir o que lhe faz mais bem? Comece hoje mesmo uma reflexão sobre sua alimentação…


E se você deseja aprofundar em uma alimentação sátvica e personalizada, que leve em consideração a sua vida e rotina, seu histórico e as necessidades terapêuticas deste seu momento, agende a sua sessão de Terapia Ayurveda aqui no Instituto EntreSer. Será um prazer recebê-lo!

Clique aqui para saber mais sobre a Terapia Ayurveda Integral

Ou entre em contato para agendarmos uma conversa breve por telefone ou ligação de vídeo e tirarmos todas as suas dúvidas.

Qualquer questão estamos à disposição,

Marcus e Débora

Tags:

Comentários

Seja o primeiro a enviar uma mensagem.

Envie seu comentário

  Whatsapp: (31) 9 9711-0151

  contato@institutoentreser.com.br

Cadastre-se e receba por e-mail nossa programação, novidades do Blog e uma MEDITAÇÃO GUIADA.

    Copyright 2012- 2022 ©  Instituto EntreSer – Todos os direitos reservados

    r.ramos infotec

    Receba nosso Conteúdo

    Miminizar Maximizar Fechar